fbpx

notícias

Portadores de Deficiências realizam encontro domingo

16/2/2006
A A

Mais informações: Paulo (9909-2411), Eraldo (8403-3293) e Lincoln (8112-7613).

Liderança do PT
Dieese aponta avanço para trabalhadores deficientes e seus dependentes

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgou nessa quarta-feira, 15, uma pesquisa que aponta garantias e melhora na participação dos trabalhadores deficientes nas negociações coletivas. Segundo o estudo, pelo menos uma cláusula que beneficie empregados com algum tipo de deficiência entrou nos acordos e convenções coletivas de 2004 e 2005.

Segundo o coordenador de estudos e desenvolvimento do Dieese do Brasil, Ademir Figueiredo, é de extrema importância este tema entrar na discussão das negociações coletivas. Esta ação divulgará a questão dos deficientes físicos no mercado de trabalho. ?O movimento sindical pode ajudar muito exercendo seu papel de luta em defesa dos trabalhadores?, enfatizou Ademir.

?Na negociação da última cláusula observamos, que de 204 categorias, 35% das conquistas se referem a inclusão da questão na negociação, 17% atingem diretamente o trabalhador e 26% são dependentes.

Os avanços – Trabalhadores Diretos:
Garantia de cotas de contratação ou definição de prioridades durante a contratação.

Adequação do ambiente de trabalho
Utilização de EPIS (Equipamento de Proteção Individual)
Auxílio despesas
Qualificação profissional dos trabalhadores
Dependentes:
Auxílio financeiro referentes a educação e saúde
Flexibilização de jornada ou abono de assistência
O Coordenador do Dieese, lembrou que a cláusula de dependentes não está prevista em lei. ?Este é um grande avanço para os trabalhadores que, atualmente, têm assegurado por lei apenas alguns dos seus direitos. O diferencial foi à preocupação do movimento sindical em pautar a discussão no âmbito das relações de trabalho?, finalizou.

compartilhe