fbpx

notícias

Palocci: direção da Caixa defendeu a instituição no caso GTech

26/1/2006
A A

O ministro deixou claro que a conduta da administração da Caixa foi correta aos prorrogar o contrato com a GTech por mais dois anos, conforme atesta o próprio TCU ? Tribunal de Contas da União, explicou.
Segundo ele, esses dois anos foram necessários para superar procedimentos legais que tinham que ser cumpridos e para preparar uma nova licitação para a área, atividade complexa devido à abrangência dos serviços. Ele lembrou que é toda a área de loterias que estava em jogo nesse processo.

O ministro foi enfático em rebater quaisquer dúvidas sobre sua atuação à frente da prefeitura de Ribeirão Preto e do Ministério da Fazenda, deixando sem qualquer margem o relator da CPI dos Bingos, que dirigiu-lhe inúmeras perguntas por mais de uma hora consecutiva.

compartilhe