Noticias

Assentamentos Pinheiral e Canaã recebem da Adasa autorização para poços artesianos

A deputada Erika Kokay (PT-DF) e representantes do pré-assentamento Pinheiral e do assentamento Canaã, receberam do diretor da Agência Reguladora de águas, Energia e Saneamento do Distrito Federa (Adasa), Jorge Werneck, a outorga provisória para perfuração de poços artesianos. O documento autoriza a fundação de 19 poços para consumo humano e irrigação das plantações no Pinheral, que fica na cidade de São Sebaastião (DF).

Já no Canaã, que fica em Brazlândia (DF), devido ao comprometimento dos recursos hídricos, a agência autorizou a construção de dez poços artesianos apenas para uso doméstico. Neste caso, para garantir a produção de alimentos, os assentados precisarão encontrar soluções junto à Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

Durante a reunião, a parlamentar, que acompanha de longa data o processo de reforma agrária no DF,  ressaltou a importância dos incentivos ao setor. “A agricultura familiar é responsável por 70% da produção dos alimentos que abastecem a mesa das famílias brasileiras. É preciso que o estado dê condições para que as famílias assentadas produzam”, reforçou Erika Kokay.

 

As outorgas entregues aos assentamentos hoje são provisórias e trazem as coordenadas exatas sobre onde cada poço deve ficar localizado. Após a fundação e colocação dos hidrômetros, os assentamentos precisam solicitar a outorga definitiva dos poços. A Secretaria de Agricultura é a responsável por acompanhar a perfuração dos poços e instalação dos hidrômetros, bem como a licença definitiva que regulará o consumo retirado dos poços.