Noticias

Comissão discute indicação política para o ICMbio nesta terça (12)

A Comissão de Legislação Participativa (CLP) da Câmara Federal realiza, nesta terça-feira (12/6), às 10h, audiência pública para discutir os riscos de retrocesso ambiental com a possibilidade de nomeação política do novo presidente do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMbio). A audiência é uma iniciativa da deputada federal Erika Lula Kokay (PT-DF).

 

A parlamentar justificou seu pedido a partir de carta divulgada pela Rede Nacional Pro-Unidades de Conservação, na qual servidores do ICMbio repudiaram a possibilidade de nomeação de Caio Tavares Souza, membro do Partido Republicano pela Ordem Social (PROS), para presidir o Instituto.

De acordo com a parlamentar, é inaceitável que o governo ilegítimo de Michel Temer indique um nome que não tem relação alguma com o meio ambiente.

“Queremos discutir a indicação de um nome que tem como única experiência no currículo ser assessor de um partido político, alguém que não tem história e relação com a área para presidir um órgão da importância do ICMbio”, diz Kokay, ao destacar os riscos de retrocesso para a política ambiental de mais de 330 unidades de conservação em todo o País.

Estão convidados para discutir o tema:

- EDSON DUARTE, Ministro de Estado Substituto de Meio Ambiente;

- CARLOS MARUN, Ministro-Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República;

- HENRIQUE MARQUES RIBEIRO DA SILVA, Presidente da Associação Nacional dos Servidores Ambientais - ASCEMA;

- JONAS MORAES CORRÊA, Presidente da Associação dos Servidores de Carreira de Especialista de Meio Ambiente do Distrito Federal - ASIBAMA/DF.

 Andrea Bitencourt Prado - Presidente da Indigenistas Associados (INA).