Home  »  Textos  »  Rodoviários ameaçam greve: Erika Kokay se solidariza com categoria
set 17, 2018

rokabral

Os rodoviários do Distrito Federal rejeitaram a proposta dos patrões relativa à Campanha Salarial de 2018 e em assembleia realizada no último domingo (16) decidiram aprovar greve, que terá início na próxima segunda (24).

O motivo da greve é a oferta de reajuste salarial abaixo da inflação, além de uma série de retiradas de direitos e a precarização da relação de trabalho por meio da implementação de contratos temporários e intermitentes.

A deputada Erika Kokay 1331 solidariza-se com a categoria, acompanhando os rodoviários, motoristas e cobradores de transporte público urbano do Distrito Federal desde a década de 80. E lembra que eles foram fundamentais na última eleição. “Essa cidade tem um orgulho danado dos rodoviários porque esses trabalhadores todos os dias escrevem sua própria história com luta, suor e sonhos. Aprendi muito com essa categoria e tenho enorme gratidão por terem sido determinantes na renovação do meu mandato de deputada federal em 2014”. Ela tem lutado, assim com esses trabalhadores, contra a Reforma Trabalhista e a terceirização irrestrita de mão-de- obra.

A parlamentar criou e apoiou projetos para melhorar as condições de trabalho da categoria, entre elas a PLP 40/2011 que que prevê a aposentadoria especial após 25 anos de efetivo exercício da atividade e o PL 2054/2011 que estabelece regras sobre as condições de trabalho, jornada, reajuste salarial, aposentadoria especial, horário para descanso, horas extras, aviso prévio, entre outros.

Erika Kokay 1331 pede mais uma vez a ajuda dessa categoria, comprometendo-se a ser companheira dessa classe trabalhadora que tanto faz pelo direito de ir e vir do povo brasiliense. Seu mandato será instrumento de luta mais uma vez.

ERIKA KOKAY 1331

Deputada Federal e candidata à reeleição pelo PT-DF.